Na minha vida nômade moderna, passei a metade da minha vida me mudando (um tanto redundante não?). Talvez tenha me mudado mais do que dormido, isso somando as horas, tô dizendo isso porque eu tenho insônia. Para você ter uma noção, contabilizando aqui eu já me mudei umas 19 vezes! Desde um Estado para outro até de uma casa para outra no mesmo bairro, foda isso né? E meu pai não é militar como todo mundo pergunta! Cabei de vir de Florianópolis resolver pendencias legais e, meu(!), eu por incrível que pareça senti falta desse lugar chamado paulínia/SP. Não sei se foi minha irritação com algumas coisa que aconteceram lá me Floripa ou porque sei la, talvez eu esteja gostando daqui mesmo, vai saber! To tão acostumado que nem ligo mais, o ruim é deixar pessoas que agente gosta para trás mas por outro lado eu não sou tão dependente de pessoas e lugares, talvez isso seja bom, ou não. Resumindo, aprenda a sentir saudades e lidar com ela, cedo ou tarde ela pode te matar! Mas ae, eu tô vivo ainda, então, é possível um mundo com saudades e nostalgia sem tristeza!