Não acreditei quando li a matéria no CMI Brasil. E ainda por cima, perto de onde eu moro, por Deus! É incrível como o atual governo está de maneira suja e sorrateira tirando as nossas liberdades civis, e uma das principais, a liberdade de expressão. Seja com a lei pseudo-homofóbica,  a censura vem com força total nesses anos de Lula Lá. Pode me chamar de direitista ou mesmo anti-pobre como toda retórica petista usada contra seus opositores. Contudo, não sou nada disso, apenas faço meu papel como cidadão do MEU PAÍS e não de um governo ou outro. Noticias como essas no Hora do Povo, O Biscoito Fino e A Massa, Xô Censura, e no site do PCO que me irritam:e o Lula fala de consolidação da democracia. É só demagogia, como sempre vindo dos políticos que vai e vão nessa país. Mas vamos a notícia local vinculada no CMI. Apreenderam um servidor do grupo Saravá, que faz pesquisas em antropologia e outras ciências na Unicamp (Campinas-SP). O caso se deve não a apenas a apreensão mas ao modo que foi feita, sem autorização legal, mandado, isso já pura e simplesmente já desqualifica qualquer ação, seja certa ou errada, por parte dos policiais. Porém, a história não é só isso. A pesquisa envolvia gente poderosa da Holanda, no que eles chamavam de “cadeira produtiva” da imigração ilegal e onde citavam politicos e envolvidos do cenário Holandês – Na holanda é imigração é crime-. Mesmo assim, o pior não é isso é que as informações vinculadas no site do grupo já estavam disponíveis publicamente. De toda forma, a reitoria da unicamp recebeu um notificado da Comissão Holandesa de Proteção à Informações Pessoais e a própria reitoria, sem aviso prévio ao grupo, contatou a policia. E deu no que deu. Meu Deus!