Meu post sobre aborto é ainda o que mais me rende visitas ao blog. Infelizmente, normalmente eles entram através dos termos ‘como fazer um aborto , e o post é pró-vida, já viu ne?. Pode me chamar de “retrogrado” mas eu sinceramente eu não sei do que eles estão falando. O que eu defendo é simples: ninguem fica meio-grávido, niguem pare mamão ou pêra, é gente, logo, abortar é eufemismo para matar, e matar gente. Em contraposição, estão os defensores do aborto que dizem que a mulher tem direito de escolher ser mãe, e eu concordo, escolha antes de fazer sexo. Já o que eu não concordo é que é criminalizado, porque a legsilação brasileira já preve aborto em certos casos, então nos vem a pergunta: o que, pelo benedito, eles querem discriminalizar? Não sei, eu já vi bastante “discussões” na tv, radio, internet -normalmente não são discussões porque só há apenas pró-aborto e elas nunca deixam claro descriminalizaar o que? Aborto por falta de planejamento familiar? Por irresponsabilidade? Por falta de prevenção? Eu sinceramente não sei, eu sou retrogrado, retrogrado por apenas achar irracional todos esses discursos “progressistas”. Não há nada de progressita dizer que eu posso matar uma criança por eu ter direito a liberdade de escolher ser mãe ou não. Se você ainda achar que eu sou retrogrado, pare de ler, se não, dê para adoção. Deixa Adotar, dê a criança para uma igreja, pra um orfanato, deixe no hospital, em qualquer lugar seguro e que de facil acesso para acha-los. Não mate eles, eles podiam ser você.

Anúncios